Lançamento da campanha de comercialização agrícola 2020

Data: 22/06/2020
Lançamento da campanha de comercialização agrícola 2020

Sob lema Comercialização Agrícola Dinamizadora do Agro-negócio, industrialização, o Governo de Moçambique, realizou no Distrito da Manhiça, Província de Maputo, o Lançamento oficial da Campanha de Comercialização Agrícola 2020.

O evento foi presidido pelo Presidente da República de Moçambique, Filipe Jacinto Nyusi, que na ocasião anunciou a estratégia integrada do Governo com vista a proporcionar maior competitividade em toda a cadeia de valor.

Segundo o Presidente da República, “Primeiro, sobre a conservação e segurança alimentar, as medidas têm por base as parcerias públicas-privadas que impulsionem o uso dos complexos de silos já construídos através do Instituto de Cereais de Moçambique (ICM); segundo sobre a comercialização e competitividade. Numa perspectiva de cadeia de valor, realçamos o papel da cabotagem marítima recentemente reintroduzida que permitirá reduzir os custos do transporte, cujo peso torna a aquisição por grandes industriais, menos competitiva; terceiro sobre as soluções do financiamento. Apresenta-se o Fundo Rotativo de Comercialização Agrícola e linhas específicas do financiamento de apoio ao sector familiar em colaboração com o sector privado, parceiros do desenvolvimento e instituições financeiras; quarto, a oferta dos serviços de natureza transversal implica um relacionamento sinergético entre o Instituto Nacional de Normalização e Qualidade (INNOQ), a Bolsa de Mercadorias de Moçambique (BMM) e o Instituto de Cereais de Moçambique (ICM).”

O evento de carácter nacional com um significado ímpar no processo de comercialização agrícola, teve réplicas em todo o país com objectivo de exortar os produtores e intervenientes no processo de comercialização agrícola para o início da campanha de comercialização e divulgar em linhas gerais, as acções de intervenção dos agentes económicos na cadeia de valor da comercialização agrícola, com a finalidade de garantir a absorção de todo excedente agrícola pelo mercado interno e externo e evitar situações de perdas de produção excedentária por falta de compradores.

No mesmo acto foram premiados três melhores intervenientes da Campanha de Comercialização Agrícola 2019 e entregues cheques no âmbito do Fundo Rotativo de Comercialização a três intervenientes das zonas norte centro e sul do país.